5 Dicas para trabalhar a vitrine da sua loja em 2020

Já parou para pensar que suas vendas não acontecem apenas em razão do seu ponto comercial, ou seja, da localização do seu negócio?

 

 

 

Bom, sabemos que nenhum consumidor vai entrar em sua loja se você não fizer esforços para atraí-lo, concorda?
Segundo uma pesquisa realizada pelo SEBRAE – Serviço Brasileiro de Apoio ás Micro e Pequenas Empresas – a vitrine é um dos espaços mais importantes e principais das lojas, sendo responsável por cerca de 80% das vendas por impacto visual.

Sem dúvidas, uma boa vitrine é a ferramenta ideal para chamar a atenção do seu público-alvo e aumentar o fluxo de clientes na loja. Porém, não basta colocar os produtos em exposição de qualquer maneira.

Como diz o velho ditado “a primeira impressão é a que fica”, é preciso trabalhar na decoração da vitrine de forma a gerar no consumidor o desejo de entrar para conhecer melhor o que você está oferecendo.

E, para ajudá-lo a decorar e a criar estratégias assertivas para a sua loja, nós, da Urbana Branding, preparamos um guia com 5 dicas fundamentais para elevar suas vendas. Confira:

Mas antes, vamos começar o nosso guia apresentando os Tipos de Vitrines de Loja.

  1. Vitrine Frontal: ficam em frente ao espaço e chamam quem passa para entrar. São mais comuns e talvez mais importantes;

 

  1. Vitrines de Trânsito: localizadas no interior da loja, tem como objetivo guiar os consumidores e expor produtos;

 

  1. Vitrines Centrais: também são internas e expõem muitas vezes um grande número de produtos.

 

Agora que você já conhece as principais vitrines existentes, chegou a hora de conhecer nossas dicas. Vamos lá?

1. Conheça seu cliente

O primeiro ponto essencial é conhecer a fundo o perfil do seu cliente. Isso vai te ajudar na hora de planejar e promover a decoração da sua vitrine. Uma boa dica para exercitar esse processo é fazendo perguntas como: “qual a idade do meu público?”, “qual a faixa de renda?”, “o que eles gostam de ouvir?”.

 

2. Envolva-se com todos os sentidos e elementos visuais

Embora as vitrines se concentrem fortemente na forma estética, existem outros elementos que ajudam a despertar o interesse no consumidor.

Música: a música afeta a forma de como os clientes interagem em uma loja. Experimente uma playlist com uma batida mais lenta e suave para diminuir o ritmo dos clientes enquanto eles circulam pela loja.

Luz: Elemento chave para exposição dos seus produtos, uma boa e posicionada iluminação é extremamente ideal para prender a atenção de quem passa.

Toque: seus clientes têm a capacidade de tocar e sentir as texturas. Evite colocar itens fora do alcance do braço e na linha de visão.

Simplicidade: lembre-se, menos é mais.

Cheiro: o sentido do olfato está fortemente associado à memória e conecta os clientes a um nível emocional.

Ponto focal: determine um ponto focal em sua vitrine e aposte nele para a construção do cenário.

Equilíbrio: atingir um equilíbrio entres os elementos é peça chave nessa etapa.

 

3. Seja AUTÊNTICO

Manter sua identidade e sua essência é crucial para não só fidelizar seu público, mas também para conhecer seus parceiros e adquirir reconhecimento em todos os pontos de contato da sua marca.

 

 

4. Deixe sua loja pronta para as redes sociais

Sabemos que metade da construção de uma vitrine consiste em fazer com que os clientes entrem na loja. A outra metade é fazer com que eles fiquem na loja o tempo suficiente para realizarem uma compra. Em meio a isso, uma ótima dica é deixar a sua loja pronta para a maior rede social de compartilhamento e fotos do mundo, o Instagram.
Além de ser a ferramenta visual definitiva para marcas levarem sua mensagem, ele torna a sua loja um destino de visita obrigatória.

 

 

5. Lembre-se das suas necessidades e trabalhe com o que você tem

Criar ideias e estratégias que se adequem a sua realidade e necessidade, faz com que você preencha gap’s no processo de venda e fidelização de clientes. Por isso, um bom planejamento e saber até onde você e seu público conseguem ir, é garantia de sucesso nas vendas.

Bom, acreditamos que depois de tantas informações você se sinta um pouco perdido e com dúvidas, certo? Mas calma, antes de desesperar, pense no que você quer para sua loja. Escreva todos os pontos positivos, negativos, ideais e ponha a mão na massa.

E, para ajudar na construção de todo esse processo, você pode contar com a consultoria Vitrine Shop da Urbana Branding.

Para entrar em contato, clique aqui.

Até breve.

Compartilhar

NEWSLETTER

Coloque aqui seu o melhor e-mail:

URBANA BRANDING