post_site

Privacidade na Era Digital – Direito ou Necessidade?

Em um mundo cada vez mais digital, tudo o que se faz na rede deixa rastros. E o conjunto de dados que os aplicativos e plataformas online guardam de um usuário configura a sua “trilha digital. Mas afinal, quais são os limites dessa privacidade?

De fato, sabemos que o uso de dados foi originalmente criado para facilitar a vida de nós consumidores, conectando informações, serviços e produtos de interesse, com o mínimo de esforço. Atualmente, a utilização desses dados pelas marcas é percebida como “disfarçado e antiético”, agravando ainda mais a situação quando noticiaram que o Facebook teria vazado informações de seus usuários nos últimos anos.

Diante desses fatos, somos confrontados com a seguinte pergunta: “até que ponto se ganha e até ponto se perde ao compartilharmos nossos dados pessoais e hábitos de consumos?” Bom, compartilhar dados com todo controle e segurança não é um mau negócio para os usuários como todos pensam. Por exemplo, com uso da inteligência artificial, os sites, produtos e serviços digitais podem criar experiências únicas de acesso para cada usuário, baseada em seus dados e hábitos, além de ofertar produtos mais adequado à sua necessidade.

Mas como ter segurança e controle dos dados pessoas que compartilhamos? Desde de maio de 2018, já é possível escolher não só os dados que serão compartilhados em sites e serviços digitais, como também uma série de direitos que o usuário possui, como: solicitar exclusão de seus dados cadastrados; vedar o uso de seus dados em determinadas situações, como campanhas de marketing; requerer informações sobre o processo de armazenamento dos seus e muito mais. Entretanto, alguns desses direitos valem apenas para Europa; no Brasil, já existem projetos e leis como a LGPD que está próximo de ser aprovada.

Diante de tudo isso, acreditamos que o conhecimento gerado pelas informações coletadas são os verdadeiros ativos de negócios dos NOVOS TEMPOS, permitindo o lançamento de produtos, marcas e serviços que transformarão efetivamente a sociedade e todos os usuários dentro do ambiente digital.

Com isso, os líderes do amanhã serão os que hoje souberem TRANSFORMAR esse desafio em uma oportunidade.
E você, qual caminho seguirá?

Por 
Rhuan Pereira
Redator Publicitário

Compartilhar

NEWSLETTER

Coloque aqui seu o melhor e-mail:

URBANA BRANDING